MAGNETISMO

Duas forças básicas regem o nosso planeta, a gravitacional e a magnética (geomagnetismo), ambas são fundamentais para a manutenção da nossa saúde. A energia do campo magnético natural está no ar, na água e na terra e atua fundamentalmente na manutenção da Saúde de todos os seres vivos.

ft-magnet-1

Animais e vegetais tem crescimento, desenvolvimento, maturação e ciclo vital superiores quando expostos ao magnetismo. No homem, o magnetismo atua sobre o corpo gerando eletricidade ou indução eletromagnética, capaz de ionizar o sangue, ativar a circulação sanguínea, contribuindo para oxigenação das células e principalmente melhorando o funcionamento dos nervos autônomos.

 A CARÊNCIA DO MAGNETISMO
Segundo os estudos do Prof. Naoto Kawaida da Universidade de Osaka(1976), a energia magnética do planeta Terra reduziu pela metade no últimos 500 anos e com tendência de reduzir cada vez mais. Essa carência magnética é chamada de “Síndrome da Escassez Magnética”, responsável pelo enfraquecimento do nosso sistema imunológico e causando cansaço, dores no corpo, estresse, insônia, rigidez nos ombros e nuca, depressão, problemas circulatórios, câimbras, dormências, enxaquecas, desânimo, e outros sintomas tão frequentes no homem urbano.
(Dr. Kyoichi Nakagawa e Teruo Oonishi – Tókio 1957)